Passados dois meses da temporada regular, todos os times já tiveram ao menos 30 jogos para começar a mostrar do que são capazes, e do que não são…

A partir disso segue uma pequena lista com os 2 times que na minha opinião mais surpreenderam, negativamente e positivamente, até o atual momento dessa temporada.

 

Boston Celtics.

Depois do seu último grande time, que contava com a presença de um dos maiores “Big Three” da história(2007-2012), liderado por Paul Pierce, os Celtics entraram em fase de reconstrução, depois da temporada 2012-13, quando os mesmos saíram do time. Pouco tempo depois o time é totalmente reformulado, e sem contar com grandes jogadores formulou um grupo que impressionou chegando ao topo da Conferência Leste na temporada 2016-17, e na atual temporada com duas grandes contratações, Kyrie Irving vindo de um time campeão, e Gordon Hayward que se machucou cedo na temporada, o time repete o feito de chegar ao topo de sua Conferência, nesse ritmo espera-se que eles cheguem novamente às finais da Conferência Leste com a liderança de Kyrie Irving e aguardando o retorno de Gordon Hayward que está se recuperando rapidamente.

Oklahoma City Thunder.

Tendo como líder o MVP, Russel Westbrook, que veio de uma temporada impressionante com estatísticas históricas, o time de Oklahoma conseguiu a sexta posição na Conferência Oeste da temporada passada, e foi eliminado na primeira fase dos Playoffs pelo time de Houston. E para a atual temporada foram trazidos dois reforços para formar um “Big Three” com o Westbrook, Paul George vindo do Indiana Pacers e Carmelo Anthony vindo do New York Knicks, duas estrelas da NBA, certamente foi a transferência mais impressionante da pré-temporada. Esperava-se um resultado muito bom desse time, mas 31 jogos depois o time não alcançou a expectativa, com apenas uma vitória a mais que derrotas (16-15) o time encontra-se na mesma posição em que estava na temporada passada com apenas o Westbrook. Mas a temporada é longa, e ainda há bastante tempo para descobrir o que está faltando para alcançarem o entrosamento ideal e uma posição melhor na colocação, o que não está faltando é vontade para esse grupo que quer muito se ajeitar para conseguir um título.

 

Autor: Andrey Kohls

Editoria: NBA